18 de jan de 2013

Denúncia - IMPRENSA ESPANHOLA AFIRMA QUE POLICIAIS ESPANHÓIS DA ÁREA DE INTELIGÊNCIA EFETUARAM DIRETAMENTE PRISÃO DE MEMBRO DO ETA NO BRASIL.



Citando fontes da Comisaría General de Información de la Policía Nacional , o diário espanhol ABC informa, em primeira mão, em seu site na internet (link abaixo) que “membros da polícia espanhola” teriam efetuado a prisão do etarra foragido José Angel Vizán Gotzon Gonzáles no Brasil, cumprindo “ordem internacional de detenção” promulgada por um  tribunal espanhol, o Juzgado Central de Instrucción número 5 de la Audiencia Nacional. 
Como tribunais espanhóis não tem jurisdição internacional, e agentes policiais estrangeiros estão impedidos, pela força da lei, de atuar em território brasileiro, mesmo quando se trata de ordem de detenção expedida pela Interpol, cabe à Polícia Federal e ao Ministério da Justiça esclarecer – mesmo que seja em nota dirigida apenas à imprensa internacional – em que circunstâncias se deu a prisão desse cidadão espanhol no Brasil, se houve ou não participação de policiais estrangeiros na operação, e deixar claro – segundo se espera – que ele só sairá do Brasil em caso da aprovação de sua extradição pelo governo brasileiro.   

http://www.abc.es/espana/20130118/abci-detenido-etarra-brasil-201301181314.html

Um comentário:

Anônimo disse...

Cade o gotzom kkkk si prendeu muestra